sexta-feira, 24 de setembro de 2010

BRASIL




Brasil, acorda vem tomar café
Não seja menino teimoso
Não cruze os braços nervoso
Não brinque de se esconder

Brasil, não finja que não escutou
Senta aquí, vamos conversar
isto é sério, eu quero te ajudar

Brasil, só quero o teu bem
Porque insiste em me desprezar
Tantos anos juntos e ainda não me conhece?
Esqueceu que sou tua amiga?
Puxa vida, para de birra
Me dá um abraço, um beijo gostoso...

Brasil, divide comigo seus pesos
Não precisa disfarçar
Me mostrar suas feridas
sei que está doendo
Vou fazer um curativo
vai melhorar

Olha Brasil, me contaram que estão tramando contra você
Não precisa ter medo, não se desespere
Aconteça o que acontecer
estarei sempre ao teu lado
Não precisa agradecer
Afinal de contas, prá que servem os amigos?

Venha Brasil, me dê sua mão
Em nome dos velhos tempos
Vamos correr pelos campos
brincar nos riachos
subir nas árvores
andar nas florestas
escalar montanhas,
tomar banho de mar
e dormir olhando as estrelas

Te amo Brasil!
Nunca deixei de te amar
Apesar de nossas diferenças
Nem tudo se perdeu
Tantas histórias lindas
que construímos juntos
Não dá prá esquecer

Brasil, o futuro é hoje!
O amanhã é agora!
É tempo de recomeçar
resgatar, perdoar, sonhar...
E quem sabe, até cantar
Nossa história apenas começou

Maria de Fátima Méres de Morais



Nenhum comentário:

Postar um comentário