Postagens

Imagem
PRÉ-VENDA – Livro “Eu em versos” (Meres, Fátima) – Envio a partir de 13/10/2017R$ 42,90 A Poesia é um espaço catalisador que sabe abstrair do seu objeto tudo que está ali camuflado, o que ficou marcado ou que o tempo levou. Nesse Livro a Poesia traz à tona minhas experiências, memórias, visão de mundo, visão de Deus, heranças antigas, palavras amigas, carinhos, desafetos, verdades, mentiras … minha vida, resumida em versos e rimas. Descrevo vários “Eus”: “Eu Menina”, “Eu jovem”, “Eu Mulher”. Sofrido é este ofício, transformar pensamentos em letras, letras em palavras, palavras em atos transformadores. É sempre prodigioso descrever sentimentos, pessoas, natureza, relacionamentos, sabores ou mesmo loucuras de quem ama ou fingi amar. Escrevendo a vida me vi poeta, me vi como sou, como dizem que sou, como penso que sou. *Livro em pré-venda – Envio a partir de 13/10/2017* *Frete grátis via Registro Módico, conforme prazos abaixo* SP/RJ – em até 15 dias após data da postagem Demais regiões…

PALAVRA

Imagem
amorosa
                                               caminha
                                                  anima
                                                abriga
                                             aninha
                                          ensina
                                      convida
                                 aproxima
                               anuncia
                              revoga
                      distingue
                        mente
                      amiga
                     avisa
                     encanta
                     avança
                  engana
                  alcança
                        atiça
                    espanta
                      acanha
                          arranha
                              abraça
                                  apanha
                                      ardente
                                   comov…

MOMENTOS

Imagem
Hoje me veio a mente
num relance
uma lembrança antiga
distante, querida
Fui envolvida ou me envolvi
e por um instante,
viajei no tempo
revi o sorriso
o grito
e o que senti naquele momento.
Sentada, fascinada
sem perceber a saudade
roubou uma lágrima do meu olhar.
Foi quando pensei
e me dei conta
foi a primeira e única vez que vi
alguém aprender a andar.

Por: Maria de Fátima Méres de Morais

GRATUIDADES

Imagem
Gratuidades são coragens
verdades, amostras do coração
pequenas vontades
qualidade,
identidade do ser-para-si e não em-si
estender de braços ou de mãos
ações e reações de ser-no-mundo
ser com-o-outro
ser possível
ser imprevisível
ser sensível
ser mudança
ser amigo
ser divino
ser pensante
ser transcendente
ser carente
ser mutante
ser real
ser normal
ser distinto
ser complexo
ser diverso
ser reverso
ser confuso
ser difuso
ser insano
ser estranho
ser Humus
ser Humano.

Por: Maria de Fátima Méres de Morais

RECICLANDO

Imagem
A história nunca é
como é em nossa memória
Não é feita de começos e fins
Mas de ciclos menores,  maiores, estreitos, largos
acumulados em pontos distintos,
formando símbolos,
criando linguagens:
do corpo, da alma, do espírito,
da nossa vida e de outras vidas
Aos poucos percebemos que o tempo não é relevante
somos forjados do resultado
das intercessões entre os ciclos e os ciclos dos ciclos dos nossos ciclos
e de todos os ciclos que nos antecede, precede, perpassa
Por ser cíclica nossa história
não é linear nem constante
é imprecisa, errante
se contrai e se expande
Indo e vindo através dos ciclos
Refletimos, pensamos, planejamos...
Muitas trocas acontecem dia a dia,
apesar das escolhas,
é sofrido chegar ao limiar das decisões,
conflituosas ou não
É a luta do ser para ser, para ter, para pertencer
São as grandes ou pequenas coisas
que levamos a vida inteira para entender
O que não fazia sentido, agora faz todo o sentido
O que eu não queria,  agora é tudo que quero
Um abraço, uma música…

AMARES

Imagem
Amor casual
não cabe no peito
começa em janeiro
termina em fevereiro
antes do carnaval
Amor fantasia
pura alegria informal, opcional sem mudança ou cobrança deleite, relance romance não faz mal Amor passageiro passa ligeiro deixando de herança doces lembranças Amor bandido
contido, sofrido
sem compromisso
acaba em ferida
briga, vendaval
Amor de jornal notícia importante dura um instante no dia seguinte perde seu propósito original
Amor amigo sensível, conforto, abrigo  dura toda uma vida não se contamina sentimento natural perto ou longe é sempre leal
Amor verdadeiro
não é perfeito
aceita defeitos
é barco pesqueiro
em alto mar
é som de berrante
anuncia, orienta
se ouve a distância
não há como negar
não fingi
não inventa
não brinca de amar.

Por: Maria de Fátima Méres de Morais

BELEZA

Imagem
O que é o Belo
se não um castelo
uma fortaleza
que prende sem grade
seduz seus prisioneiros
dominados nem sentem
sua tortura cruel

O Belo tem gosto de mel
aguça os instintos
delírios, fascínios
surpreende, assusta
engana, amordaça o pensamento

O Belo é constrangimento
medo, ressentimento
suposição, exaltação
apelo sincero

O belo é tudo que quero
assim atribuir
significar
cheiro de pão
pular no colchão
par de sapato
carinho de gato
fim de semana
lembranças
sabores
favores
fragrância de flores

O Belo é mistura de cores
arte, plumagem
vaidade, viagem
paisagem

O Belo é coragem
escolhas, labirintos
ouvir sua alma
dormir leve e calma
um beijo
desejo

O Belo é segredo
elo, espelho, mistério
que não se leva a sério
é armadilha, loucura
mimo ou travessura do olhar.

Por: Maria de Fátima Méres de Morais