CAMINHO





Um caminho de caminhar
Único, inconfudível
Construido a medida que se vai caminhando
Não tem volta, não tem fim
Só começo
Sempre novo, não se repete
Em cada passo uma descoberta inusitada
A medida que se avança
vai ficando mais difícil de se distinguir
o caminho do caminhanate
É dinâmico
Contagiante
Sua constante é gerar vida
Perigoso só para quem o trilha
sem coração de guerreiro
Produz verdadeiros companheiros
O tempo se perde sem alento
neste eterno caminhar
No caminho tem alimento
pro corpo e prá alma
Luz, fogo e água
Perseverança e calma
Amor profundo
Cálice de comunhão
E até nos momentos de solidão
Consolo, abrigo e coragem
Braços erguidos de gratidão
Caminho sem perguntar
tendo sempre apenas a certeza
de sempre caminhar

Maria de Fátima Méres de Morais

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

AQUELA ÁRVORE

Manual do Caminhante

PAI