Saudade




E lá vou eu na madrugada
Caçando moinhos
navegando nuvens
voando rios
correndo árvores
amiga da estrada


respirando manhãs de rosas
sonhando estrelas  passarinho

Cavalgando ventos
pescando montanhas
plantando paixões
vendendo solidão
comprando ilusões

banho de sol cerejeira
vestido  folhas de ninho

Cantando alma
falando coração
pensando vida
eternamente perdida
nunca esquecida


Maria de Fátima Méres de Morais

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

AQUELA ÁRVORE

PAI

ILUSÃO