Manual do Caminhante






Caminhante, errante, peregrino
Em relevos intrigantes
planíces, ladeiras, pedras,
matas, capoeiras...
lembre-se nem sempre o caminho é chão
pode ser mares, lagos, cachoeiras...
preste atenção somente no teu andar


Não toque nas rosas 
nem seus espinhos
admire-as apenas com o olhar


Esqueça as canções dos pássaros
segredos antigos
enigmas corgeados
que não se deve decifrar

Descubra suas próprias cavernas
mas, cuidado!!
Elas podem encantar

Acompanhe os rios
habilidosos guias
bons conselheiros
excelentes companheiros
nunca ficam no mesmo lugar

Se encontrar a rainha louca
mandando você parar
finja que não ouviu
prossiga devagar

As árvores te ofereceram comida
aceite de bom grado
aproveite 
descanse
depois siga confiante

Desconfie das placas
são mestras em enganar
Alcance os horizontes distantes
os mais difíceis de se avistar
Ao chegar
continue a caminhar



Maria de Fátima Méres de Morais







Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

AQUELA ÁRVORE

PAI

ILUSÃO