Outras Poesias







Mondo
No, stanotte amore
Non ho più pensato a te
Ho aperto gli occhi
Per guardare intorno a me
E intorno a me
Girava il mondo come sempre

Gira il mondo gira
Nello spazio senza fine
Con gli amori appena nati
Con gli amori già finiti
Con la gioia e col dolore
Della gente come me

Il mondo
Soltanto adesso io ti guardo
Nel tuo silenzio io mi perdo
E sono niente accanto a te

Il mondo non si è fermato
Mai un momento
La notte insegue sempre il giorno
Ed il giorno verra


O Mundo (tradução)
Não, esta noite amor
Não pensarei em você
Abrirei os olhos
Para olhar ao meu redor
E ao meu redor
Gira o mundo como sempre

Gira, o mundo gira
No espaço infinito
Com amores que começam
Com amores que terminam
Com alegria e com a dor
De pessoas como eu

Óh mundo
Somente agora, eu te vejo
Em teu silencio eu me perco
E não sou nada ao teu lado

Òh mundo
Não para nunca um só  momento
A noite sempre vem apagar o dia
Mas outro dia virá
                             (Pepino di Capari)





SECRETO CRESCIMENTO DO AMOR


Conto na minha rede durante o inverno os dias de cardumes frios.
Aquele verão não voltará!
Aquele amor vivido que não começou…
mas está na minha memória como vela por acender.
Frente ao Bósforo que de boca rasgada torce as águas
soletramos-lhes o nome do martim-pescador
pássaro daqueles lugares, como veleiro branco.
A tónica do inverno é clara, uma voz isolada,
sem nos tocar nem tirar nada de nós sopra
directamente de lugares nunca visitados.
voa com a boca rancorosa do sexo.
Para nosso aviso arroja bem longe
o mapa de altas e baixas marés.
Nem expansão, nem recuo;
nós ao meio do imaginado
o tempo que penetra em dois,
dois pontos sonâmbulos.
Agora, até tu, para este poema
fechado em si mesmo, voz solitária,
no calendário dos cardumes frios de inverno
és só uma folha que cai por si própria.
O martim-pescador agora voará
para uma palavra nova num dicionário desconhecido.
ADNAN OZER





Navegando

Eu estou navegando, estou navegando
Para casa novamente, através do mar
Estou navegando águas tempestuosas
Para estar perto de você, por ser livre

Eu estou voando, estou voando
Como um pássaro, cruzando o céu
Estou voando, passando por nuvens altas
Para estar com você, para ser livre

Você consegue me ouvir? Você consegue me ouvir
Através da noite escura, longe
Eu estou agonizando, eternamente chorando
Para estar com você, quem pode dizer

Você consegue me ouvir? Você consegue me ouvir
Através da noite escura, longe
Eu estou agonizando, eternamente chorando
Para estar com você, quem pode dizer

Nós estamos navegando, estamos navegando
Para casa novamente, através do mar
Estamos navegando águas tempestuosas
Para estar perto de você, por ser livre

Oh Senhor, para estar perto de você, para ser livre
Oh Senhor, para estar perto de você, para ser livre



Você se Lembra

Geraldo Azevedo

Entre as estrelas do meu drama
Você já foi meu anjo azul
Chegamos num final feliz
Na tela prateada da ilusão
Na realidade onde está você
Em que cidade você mora
Em que paisagem em que país
Me diz em que lugar, cadê você
Você se lembra
Torrentes de paixão
Ouvir nossa canção
Sonhar em Casablanca
E se perder no labirinto
De outra história
A caravana do deserto
Atravessou meu coração
E eu fui chorando por você
Até os sete mares do sertão
Você se lembra...

Nada Normal

Lareira pra acender
Um céu pra se olhar
E tudo está tranquilo por aqui
Você vai me vencer
Eu vou me apaixonar
Não há mais o que decidir
Dos nossos lábios
Todas as palavras nada dizem
Aos nossos olhos
Tudo que já vimos foi vertigem
E é tudo tão real
Mas nada normal
Te lembro e já me sinto ao seu lado
No seu mundo
Me identifico com você
De um jeito tão profundo
E é tudo tão real
Mas nada normal
Você vai me vencer
Eu vou me apaixonar
Não há mais o que decidir
Dos nossos lábios
Todas as palavras nada dizem
Aos nossos olhos
Tudo que já vimos foi vertigem
E é tudo tão real
Mas nada normal
Te lembro e já me sinto ao seu lado
No seu mundo
Me identifico com você de um jeito
Tão profundo
E é tudo tão real
Mas nada normal
(Vitor e Leo)




E eu sempre amarei você

I Will Always Love You

   Whitney Houston

Eu apenas estarei em seu caminho
Então eu vou, mas eu sei
Que Eu pensarei em você
Cada passo do caminho
E eu sempre amarei você
Eu sempre amarei você
Você
Meu querido, você
Lembranças agridoces
É tudo que estou levando comigo
Portanto, adeus Por favor, não chore
Pois ambos sabemos que não sou o que você precisa
E eu sempre amarei você
Eu sempre amarei você
Eu espero que a vida te trate bem
E espero que você tenha
Tudo que sonhou
E desejo, pra você prazer
E felicidade
Mas, acima disso tudo, eu desejo pra você amor
E eu sempre amarei você
Eu sempre amarei você
Eu sempre amarei você













Encostar Na Tua
Ana Carolina


Eu quero te roubar pra mim
Eu que não sei pedir nada
Meu caminho é meio perdido
Mas que perder seja o melhor destino
Agora não vou mais mudar
Minha procura por si só
Já era o que eu queria achar
Quando você chamar meu nome
Eu que também não sei aonde estou
Pra mim que tudo era saudade
Agora seja lá o que for 
Eu só quero saber em qual rua 
a minha vida vai encostar na tua
E saiba que forte eu sei chegar
Mesmo se eu perder o rumo
E saiba que forte eu sei chegar
Se for preciso eu sumo
Eu só quero saber em qual rua 
a minha vida vai encostar na tua
Eu quero te roubar pra mim



Quero estar contigo em um lugar
onde o tempo não tem pressa.
A vida me levando em ondas de um mar calmo.
Amanhecer Amor, cercada por você,
para um longo dia sem fim.
Sentir o seu perfume nos ventos, brisas e respirar.
Acomodar-me em teus braços sem medo
de nada, deixar-me ficar.
Fazer dos teus cabelos ninho para os meus dedos
e junta a eles, não ver a hora passar.
Esquecer a decepção, tristeza, frieza, solidão,
medo, incerteza e as fronteiras sociais.
Esquecer de quem somos e dos "buracos negros"
que nos separam.
Prisioneira do teu olhar.
Dormir com seu sorriso e nunca mais acordar.

Quiero estar contigo en un solo lugar
donde el tiempo no tiene ninguna prisa .
La vida me teniendo en olas de un mar en calma .
Amanecer Amor, rodeada por usted,
para un largo día sin fin.
Siente tu aroma en los vientos, brisas y respirar.
Acomodarme en tus brazos sin miedo
sobre todo, deja que me quede .
Haz de tu nido de pelo para los dedos
y se une a ellos , no veo que el tiempo pase .
Olvídese de la decepción , la tristeza , la frialdad , la soledad,
el miedo , la incertidumbre y los límites sociales .
Olvídese de lo que somos y ' agujeros negros '
que nos separan .
Prisionero de tus ojos .
Dormir con tu sonrisa y nunca despertar .

Io voglio stare con te in un posto
dove il tempo non ha fretta .
La vita mi prendendo in onde di un mare calmo .
Alba amore , circondato da te ,
per un lungo giorno senza fine .
Sentire il tuo profumo nel vento , brezze e respirare .
Mi ospitare tra le tue braccia senza paura
di tutto, lasciatemi stare .
Fai del tuo nido capelli alle dita
e si unisce a loro , non si vede il tempo passa .
Dimenticare la delusione , la tristezza , la freddezza , la solitudine ,
paura, incertezza e confini sociali .
Dimenticare chi siamo e ' buchi neri '
che ci separano .
Prigioniero dei tuoi occhi .
Dormire con il tuo sorriso e non svegliarsi .


Ben bir yerde seninle olmak istiyorum
nerede zaman hiç acelesi olduğunu.
Hayat sakin denizin dalgaları beni alarak .
Sizin çevrili Dawn Aşk ,
sonsuz uzun bir gün için .
Rüzgarlar , esintiler kokunu hissedin ve nefes .
Korkusuzca kollarına beni karşılamak
hepsi kalmama izin .
Saçınızı yuva benim parmak olun
ve zaman geçmek görmüyorum , onlara katılır .
Hayal kırıklığı , üzüntü , soğukluk , yalnızlık unutun ,
korku , belirsizlik ve sosyal sınırları .
Unut biz ' karadelikler ' kim ve
bu bizi ayırmak .
Gözlerinin Tutsağı .
Senin gülümseme ile Sleeping ve asla uyanmak .





Canção das Mulheres
Lya Luft


Que o outro saiba quando estou com medo, e me tome nos braços sem fazer perguntas demais. 

Que o outro note quando preciso de silêncio e não vá embora batendo a porta, mas entenda que não o amarei menos porque estou quieta. 

Que o outro aceite que me preocupo com ele e não se irrite com minha solicitude, e se ela for excessiva saiba me dizer isso com delicadeza ou bom humor. 

Que o outro perceba minha fragilidade e não ria de mim, nem se aproveite disso. 

Que se eu faço uma bobagem o outro goste um pouco mais de mim, porque também preciso poder fazer tolices tantas vezes. 

Que se estou apenas cansada o outro não pense logo que estou nervosa, ou doente, ou agressiva, nem diga que reclamo demais. 

Que o outro sinta quanto me dóia idéia da perda, e ouse ficar comigo um pouco - em lugar de voltar logo à sua vida. 

Que se estou numa fase ruim o outro seja meu cúmplice, mas sem fazer alarde nem dizendo ''Olha que estou tendo muita paciência com você!''

Que quando sem querer eu digo uma coisa bem inadequada diante de mais pessoas, o outro não me exponha nem me ridicularize. 

Que se eventualmente perco a paciência, perco a graça e perco a compostura, o outro ainda assim me ache linda e me admire. 

Que o outro não me considere sempre disponível, sempre necessariamente compreensiva, mas me aceite quando não estou podendo ser nada disso. 

Que, finalmente, o outro entenda que mesmo se às vezes me esforço, não sou, nem devo ser, a mulher-maravilha, mas apenas uma pessoa: vulnerável e forte, incapaz e gloriosa, assustada e audaciosa - uma mulher.






DESABAFO
Léon Gieco

Há os quem resistem e nunca reclamam
Àqueles que dizem: "para que eu vivo?"
Àqueles que recuperam suas forças rapidamente
Àqueles que lucram com suas perdas

Alguns caem mas se levantam
Alguns permanecem caídos
Alguns te ajudam a levantar
Alguns não reconhecem quando você está derrotado

Há muitos que acham que é tarde para tudo
E aqueles que te dizem "siga em frente!"
Muitas pessoas  vêem o tropeço
Mas outras nunca percebem nada

A alegria com a força se alimenta
E não há muros ou cercas que possa prendê-la
Alguns caíram no fogo com um grito
Sem barcos e sem armas para a vida

Há quem abençoe a bonita comunhão
Daqueles que pensam da mesma forma
Que somos a minoria
Não matamos nem morremos por dinheiro
Ao contrário, estamos vivos porque andamos
Esperando uma pele nova a partir deste dom
Não temos a intenção de ver  mudanças
Desejamos apenas deixar algo na estrada
do jeito que aconteceu.

É normal ver crianças sem sapatos
À procura de comida no lixo
E na porta da igreja
o que se vê é um cartão postal
da "Mãe com seu Filho"
Enquanto isto acontecer, não haverá glória
É como areia escapando entre os dedos
É dor, mentiras, hipocrisia 
É um momento frágil nestes dias

A ignorância das pessoas pode, por vezes,
Gerar tiranos e torturadores
Acreditamos que a história foi feita em um minuto
E toda as experiências negativas, apenas um sonho ruim

Às vezes, nós somos nossos próprios inimigos
sujamos as estradas e os rios
Mortos na guerra e nas ruas hoje
Se tornaram monumentos antigos de assassinos









Céu de Santo Amaro

Flávio Venturini


Olho para o céu
Tantas estrelas dizendo da imensidão
Do universo em nós
A força desse amor
Nos invadiu...
Com ela veio a paz, toda beleza de sentir
Que para sempre uma estrela vai dizer
Simplesmente amo você...

Meu amor..
Vou lhe dizer
Quero você
Com a alegria de um pássaro
Em busca de outro verão
Na noite do sertão
Meu coração só quer bater por ti
Eu me coloco em tuas mãos
Para sentir todo o carinho que sonhei
Nós somos rainha e rei

Na noite do sertão
Meu coração só quer bater por ti
Eu me coloco em tuas mãos
Para sentir todo o carinho que sonhei
Nós somos rainha e rei


Olho para o céu
Tantas estrelas dizendo da imensidão
Do universo em nós
A força desse amor nos invadiu...
Então...
Veio a certeza de amar você...








Eu Sei Que Vou te Amar

Tom Jobim


Eu sei que vou te amar
Por toda a minha vida eu vou te amar
Em cada despedida eu vou te amar
Desesperadamente, eu sei que vou te amar
E cada verso meu será
Prá te dizer que eu sei que vou te amar
Por toda minha vida
Eu sei que vou chorar
A cada ausência tua eu vou chorar
Mas cada volta tua há de apagar
O que esta ausência tua me causou
Eu sei que vou sofrer a eterna desventura de viver
A espera de viver ao lado teu
Por toda a minha vida





Nem tudo é fácil
É difícil fazer alguém feliz, assim como é fácil fazer triste. 
É difícil dizer eu te amo, assim como é fácil não dizer nada 
É difícil valorizar um amor, assim como é fácil perdê-lo para sempre
É difícil agradecer pelo dia de hoje, assim como é fácil viver mais um dia. 
É difícil enxergar o que a vida traz de bom, 
assim como é fácil fechar os olhos e atravessar a rua 
É difícil se convencer de que se é feliz, 
assim como é fácil achar que sempre falta algo.
É difícil fazer alguém sorrir, assim como é fácil fazer chorar 
É difícil colocar-se no lugar de alguém 
assim como é fácil olhar para o próprio umbigo. 
Se você errou, peça desculpas... 
É difícil pedir perdão? 
Mas quem disse que é fácil ser perdoado? 
Se alguém errou com você, perdoa-o... 
É difícil perdoar? 
Mas quem disse que é fácil se arrepender? 
Se você sente algo, diga... 
É difícil se abrir? 
Mas quem disse que é fácil encontrar 
alguém que queira escutar? 
Se alguém reclama de você, ouça... 
É difícil ouvir certas coisas? 
Mas quem disse que é fácil ouvir você? 
Se alguém te ama, ame-o... 
É difícil entregar-se? 
Mas quem disse que é fácil ser feliz? 
Nem tudo é fácil na vida... 
Mas, com certeza, nada é impossível 
Precisamos acreditar, ter fé e lutar 
para que não apenas sonhemos, 
Mas também tornemos todos esses desejos, 
realidade!!! 

Cecília Meireles





Cecília Meireles
“Madrugada no ar”
Crônicas de Viagem



Porque viajar é ir mirando o caminho
vivendo-o em toda a sua extensão e,
se possível em toda a sua profundidade também
É entregar-se à emoção
que cada pequena coisa contém ou suscita
É expor-se a todas as experiências
e todos os riscos
não só de ordem física
– mas, sobretudo, de ordem espiritual
Viajar é uma outra forma de meditar…








Termino 2012 apenas com um sentimento difícil de ser sentido: Gratidão.
Faço minhas as palavras de Wintley Phipps,
autor da música Amazing Grace (Maravilhosa Graça):

Maravilhosa graça que perdido me encontrou
Estando cego pude ver, Cristo me resgatou
Quando sua graça me tocou, do medo me livrou
Quão preciosa é pra mim a graça do Senhor


Liberto eu fui de uma prisão 
Meu Salvador me resgatou 
Misericórdia e perdão 
Eterno amor e redenção 

Deus prometeu o melhor pra mim 
E n'Ele esperarei 
Escudo e força Ele será 
Enquanto eu viver 

Liberto eu fui de uma prisão 
Meu Salvador me resgatou 
Misericórdia e perdão 
Eterno amor e redenção 

E se meu mundo se acabar 
E o sol não mais brilhar 
O Deus que um dia me chamou 
Será pra sempre meu 



Planos para 2013: NENHUM
apenas um desejo ardente de que o Senhor me conceda um coração puro 
parecido com o coração das crianças. 
Ainda me lembro com saudade quando plena realização 
e felicidade era brincar ao redor dos meus pais.


Maria de Fátima Méres Morais











A Miragem

Marcus Viana


Ah! Se pudéssemos contar
As voltas que a vida dá
Prá que a gente possa
Encontrar um grande amor...

É como se pudéssemos contar
Todas estrelas do céu
Os grãos de areia desse mar
Ainda assim...

Pobre coração
O dos apaixonados
Que cruzam o deserto
Em busca de um oásis em flor
Arriscando tudo por
Uma miragem
Pois sabem que há uma fonte
Oculta nas areias...

Bem aventurados
Os que dela bebem
Porque para sempre
Serão consolados...

Somente por amor
A gente põe a mão
No fogo da paixão
E deixa se queimar
Somente por amor...

Movemos terra e céus
Rasgando sete véus
Saltamos do abismo
Sem olhar prá trás

Somente por amor
E a vida se refaz...

Somente por amor
A gente põe a mão
No fogo da paixão
E deixa se queimar

Somente por amor...

Movemos terra e céus
Rasgando sete véus
Saltamos do abismo
Sem olhar prá trás
Somente por amor
A vida se refaz
E a morte não é mais
Prá nós!...






Não tenho ambições nem desejos
Ser poeta não é uma ambição minha
É a minha maneira de estar sozinho. ...
... Ou quando uma nuvem passa a mão por cima da luz
E corre um silêncio pela erva fora....
Porque quem ama nunca sabe o que ama
Nem sabe porque ama, nem sabe o que é amar...
Da minha aldeia vejo quanto da terra se pode ver do Universo...
Por isso, a minha aldeia é tão grande como outra terra qualquer.
Porque eu sou do tamanho do que vejo
E não do tamanho da minha altura... 
... A mim ensinou-me tudo.
Ensinou-me a olhar para as coisas
Aponta-me todas as coisas que há nas flores
Mostra-me como as pedras são engraçadas
Quando a gente as tem na mão
 E olha devagar para elas.

Fernando Pessoa




Faltando um Pedaço

Djavan

O amor é um grande laço,
um passo pr'uma armadilha
Um lobo correndo em círculos
pra alimentar a matilha
Comparo sua chegada
com a fuga de uma ilha:
Tanto engorda quanto mata
feito desgosto de filha

O amor é como um raio
galopando em desafio
Abre fendas cobre vales,
revolta as águas dos rios
Quem tentar seguir seu rastro
se perderá no caminho
Na pureza de um limão
ou na solidão do espinho

O amor e a agonia
cerraram fogo no espaço
Brigando horas a fio,
o cio vence o cansaço
E o coração de quem ama
fica faltando um pedaço
Que nem a lua minguando,
que nem o meu nos seus braços








Quem de Nós Dois


Eu e você
Não é assim tão complicado
Não é difícil perceber
Quem de nós dois
Vai dizer que é impossível
O amor acontecer
Se eu disser
Que já nem sinto nada
Que a estrada sem você
É mais segura
Eu sei você vai rir da minha cara
Eu já conheço o teu sorriso
Leio o teu olhar
Teu sorriso é só disfarce
O que eu já nem preciso
Sinto dizer que amo mesmo
Tá ruim pra disfarçar
Entre nós dois
Não cabe mais nenhum segredo
Além do que já combinamos
No vão das coisas que a gente disse
Não cabe mais sermos somente amigos
E quando eu falo que eu já nem quero
A frase fica pelo avesso
Meio na contra mão
E quando finjo que esqueço
Eu não esqueci nada
E cada vez que eu fujo, eu me aproximo mais
E te perder de vista assim é ruim demais
E é por isso que atravesso o teu futuro
E faço das lembranças um lugar seguro
Não é que eu queira reviver nenhum passado
Nem revirar um sentimento revirado
Mas toda vez que eu procuro uma saída
Acabo entrando sem querer na tua vida
Eu procurei qualquer desculpa pra não te encarar
Pra não dizer de novo e sempre a mesma coisa
Falar só por falar
Que eu já não tô nem aí pra essa conversa
Que a história de nós dois não me interessa
Se eu tento esconder meias verdades
Você conhece o meu sorriso
Lê o meu olhar
Meu sorriso é só disfarce
O que eu já nem preciso
E cada vez que eu fujo, eu me aproximo mais
E te perder de vista assim é ruim demais
E é por isso que atravesso o teu futuro
E faço das lembranças um lugar seguro
Não é que eu queira reviver nenhum passado
Nem revirar um sentimento revirado
Mas toda vez que eu procuro uma saída
Acabo entrando sem querer na tua vida








Hoje me dei um tempo
pra pensar na vida.
Na minha vida!!!
Decidi então que a partir do próximo amanhecer,
vou mudar alguns detalhes para ser a cada dia,
um pouquinho mais feliz.
Para começar, não vou mais olhar para trás.
O que passou é passado, se errei,
agora não vou conseguir corrigir.
Então, para que remoer o que passou?
Refletir sobre aqueles erros sim e então fazer deles
um aprendizado para o meu hoje...
Nem todas as pessoas que amo,
retribuem meus carinhos como eu gostaria...
E daí?
A partir do próximo amanhecer vou continuar a amá-las,
mas não vou tentar mudá-las.
Pode ser até que ficassem como eu gostaria que fossem
e deixassem de ser as pessoas que eu amo.
Isso eu não quero. Mudo eu...
Mudo meu modo de vê-las.
Respeito seu modo de ser.
Mas não pense que vou desistir dos meus sonhos!!!
Imagine!!!
A partir do próximo amanhecer,
vou lutar com mais garra para que eles aconteçam.
Mas vai ser diferente não vou mais responsabiliza
r a mais ninguém por minha felicidade.
EU VOU SER FELIZ!!!
Não vou mais parar a minha vida
porque o que desejo não acontece,
Porque uma mensagem não chega,
porque não ouço o que gostaria de ouvir
Vou fazer o meu momento...
Vou ser feliz agora...
Terei outros dias pela frente!!!
Nunca mais darei muita importância aos problemas
que não tenho conseguido resolver.
A partir do próximo amanhecer, vou agradecer a Deus,
todos os dias por me dar forças para viver,
Apesar dos meus problemas, chega de sofrer
 pelo que não consigo ter, pelo que não ouço ou não leio.
Pelo tempo que não tenho e até de sofrer por antecipação,
pensando sempre, apenas no pior.
A partir do próximo amanhecer,
só vou pensar no que tenho de bom.
Meus amigos, nunca mais precisarão
me dar um ombro para chorar.
Vou aproveitar a presença deles para sorrir,
cantar, para dividir felicidade.
A partir do próximo amanhecer vou ser eu mesmo.
Nunca mais vou tentar ser um modelo de perfeição.
Nunca mais vou sorrir sem vontade
ou falar palavras amorosas
 porque acho que sei o que os outros querem ouvir.
A partir do próximo amanhecer vou viver minha vida,
SEM MEDO DE SER FELIZ!
Vou continuar esperando. Não,
não vou esquecer ninguém.
Mas...
A partir do próximo amanhecer,
quando a gente se encontrar,
com certeza, vou te dar aquele abraço bem apertado
e com toda sinceridade dizer...
Adoro você!!!
E tenho muito amor para lhe dar.

(John Lennon)









Eu Quero Amar
Fernandinho

Vivo preocupado 
só em como devo agir
Sou a minha própria obsessão
Chega de olhar pra mim,
abre minha visão
Quero me entregar por inteiro ao seu agir
Põe o teu amor em meu coração
Chega de viver essa vida egoísta
Só olhar pra mim me afasta do amor
Chega de viver essa vida egoísta
Só olhar pra mim me afasta do amor
Eu quero amar, como tu amas
Me importar com os perdidos
Fazer obras maiores
Eu quero estar em meio a multidão
De curados e remidos
onde tua glória pode nos tocar






Hoje Me Dei Conta…

Hoje me dei conta de que as
pessoas vivem a esperar por algo
E quando surge uma oportunidade
Se dizem confusas e despreparadas
Sentem que não merecem
Que o tempo certo ainda não chegou

E a vida passa
E os momentos se acumulam
como papéis sobre uma mesa
Estamos nos preparando para qualquer coisa
Mas ainda não aprendemos a viver
A arriscar por aquilo que queremos
A sentir aquilo que sonhamos
E assim adiamos nossas
vidas por tempo indeterminado
Até que a vida se encarregue
de decidir por nós mesmos

E percebemos o quanto perdemos
E o tanto que poderíamos ter evitado
Como somos tolos em nossos
pensamentos limitados
Em nossas emoções contidas
Em nossas ações determinadas
O ser humano se prende em si mesmo
Por medo e desconfiança
Vive como coisa
Num mundo de coisas

Antes que tudo acabe
É preciso fazer iniciar
Mesmo com dor e sofrimento
Antes arriscar do que apenas sonhar…



Paciência

Lenine

Mesmo quando tudo pede
Um pouco mais de calma
Até quando o corpo pede
Um pouco mais de alma
A vida não para...
Enquanto o tempo
Acelera e pede pressa
Eu me recuso faço hora
Vou na valsa
A vida é tão rara...
Enquanto todo mundo
Espera a cura do mal
E a loucura finge
Que isso tudo é normal
Eu finjo ter paciência...
O mundo vai girando
Cada vez mais veloz
A gente espera do mundo
E o mundo espera de nós
Um pouco mais de paciência...
Será que é tempo
Que lhe falta para perceber?
Será que temos esse tempo
Para perder?
E quem quer saber?
A vida é tão rara
Tão rara...
Mesmo quando tudo pede
Um pouco mais de calma
Até quando o corpo pede
Um pouco mais de alma
Eu sei, a vida não para
A vida não para não...
Será que é tempo
Que lhe falta para perceber?
Será que temos esse tempo
Para perder?
E quem quer saber?
A vida é tão rara
Tão rara...
A vida é tão rara...






Amor é um fogo que arde sem se ver,
é ferida que dói, e não se sente;
é um contentamento descontente,
é dor que desatina sem doer.
É um não querer mais que bem querer;
é um andar solitário entre a gente;
é nunca contentar-se de contente;
é um cuidar que ganha em se perder.
É querer estar preso por vontade;
é servir a quem vence, o vencedor;
é ter com quem nos matar, lealdade.
mas como causar pode seu favor
nos corações humanos amizade,
se tão contrário a si é o mesmo amor?
Camões







Não te amo como se fosse rosa de sal, topázio
ou flecha de cravos que propagam o fogo:
te amo secretamente, entre a sombra e a alma.
.
Te amo como a planta que não floresce e leva
dentro de si, oculta, a luz daquelas flores,
e graças a teu amor vive escuro em meu corpo
o apertado aroma que ascender da terra.
.
Te amo sem saber como, nem quando, nem onde,
te amo diretamente sem problemas nem orgulho:
assim te amo porque não sei amar de outra maneira,
.
Se não assim deste modo em que não sou nem és
tão perto que a tua mão sobre meu peito é minha
tão perto que se fecham teus olhos com meu sonho.

Pablo Neruda








Duvida que do céu a abóbada azulada
Tenha esferas de luz de um mágico esplendor,
Duvida que seja o sol o facho da alvorada,
Duvida da verdade em tua alma gravada,
Mas não duvides nunca,
oh! nunca,
d'este amor.

William Shakespeare






Almas Perfumadas


Tem gente que tem cheiro
de passarinho quando canta
de sol quando acorda
de flor quando ri
Ao lado delas, a gente se sente 
no balanço de uma rede 
que dança gostoso numa tarde grande, 
sem relógio e sem agenda 

Ao lado delas, a gente se sente 
comendo pipoca na praça
lambuzando o queixo de sorvete
melando os dedos com algodão doce
da cor mais doce que tem pra escolher

O tempo é outro 
e a vida fica com a cara 
que ela tem de verdade, 
mas que a gente desaprende de ver


Tem gente que tem cheiro de colo de Deus
de banho de mar quando a água
é quente e o céu é azul

Ao lado delas, a gente sabe
que os anjos existem e
que alguns são invisíveis
Ao lado delas, a gente
se sente chegando em casa
e trocando o salto pelo chinelo
sonhando a maior tolice do mundo
com o gozo de quem não liga pra isso

Ao lado delas, pode ser abril, mas parece 
manhã de Natal do tempo em que 
a gente acordava e encontrava 
o presente do Papai Noel

Tem gente que tem cheiro das estrelas
que Deus acendeu no céu e daquelas
que conseguimos acender na Terra

Ao lado delas, a gente não acha que 
o amor é possível, a gente tem certeza 

Ao lado delas, a gente se sente
visitando um lugar feito de alegria
recebendo um buquê de carinhos
abraçando um filhote de urso panda. 
tocando com os olhos os olhos da paz


Ao lado delas, saboreamos a delícia 

do toque suave que sua presença sopra

no nosso coração

Tem gente que tem cheiro de cafuné sem pressa.
do brinquedo que a gente não largava
do acalanto que o silêncio canta
de passeio no jardim

Ao lado delas, a gente percebe que
a sensualidade é um perfume
que vem de dentro e
que a atração que realmente nos move 
não passa só pelo corpo 
corre em outras veias 
pulsa em outro lugar 

Ao lado delas, a gente lembra
que no instante em que rimos,
Deus está conosco,
juntinho ao nosso lado
E a gente ri grande que nem menino arteiro

(Carlos Drummond de Andrade)




Ser Feliz


Ser feliz é reconhecer que vale a pena viver
Apesar de todos os desafios,
Incompreensões e períodos de crise.
Ser feliz é deixar de ser vítima dos problemas
E se tornar um autor da própria história.
É atravessar desertos fora de si,
Mas ser capaz de encontrar um oásis
No recôndito da sua alma.
É agradecer a Deus a cada manhã pelo milagre da vida.
Ser feliz é não ter medo dos próprios sentimentos.
É saber falar de si mesmo.
É ter coragem para ouvir um “não”.
É ter segurança para receber uma crítica,
Mesmo que injusta.
Pedras no caminho?
Guardo todas, um dia vou
Construir um castelo ...

Fernando Pessoa





Yo soy el esclavo de tus ojos y no puedo olvidarlo.
Su mirada se fija en mi mente.
Cierro los ojos y todo lo que veo son los suyos. Mañana, cuando me vaya, mi corazón estará con vosotros. Me siento perdido en el vacío, porque no sé cómo encontrarlo. Tú eres para mí como el sol o la luna o las estrellas y el cielo,  
un hermoso espectáculo que nunca puedo tocar. Dime lo que quieres de mí. Por qué no puedo sacarte de mi pecho. ¿Por qué me miras así, porque me has llamado. ¿Por qué he cambiado todos mis sueños y planes, sólo viendo usted. Usted es todo lo que quería en mi presente 
y todo lo que quiero para mi futuro. No importa dónde o el precio que tengo que pagar. Dime lo que tengo que hacer para llegar a ti, lo haré. Muéstrame la puerta donde te encontraré. ¿Dónde estás ahora mismo, que es el dueño de sus pensamientos. ¿Cuáles son sus proyectos y deseos. ¿Qué te hace sonreír y lo que entristece. Pensando en ti me retracto de la alegría de vivir Me haces sentir como un niño en el regazo de su madre. Estoy enamorado de ti y no sé distinguir lo real de la ilusión. Aunque estamos en universos paralelos, 
sólo piensa en usted y verme en tus brazos disfrutando de su sonrisa y sumergirse en sus besos.
Todavia tengo que admitir
El sol y la luna se reunirán con más facilidad que nosotros.



 

Una palabra 

(Carlos Varela)

Una palabra no dice nada
y al mismo tiempo lo esconde todo
igual que el viento que esconde el agua
como las flores que esconde el lodo.

Una mirada no dice nada
y al mismo tiempo lo dice todo
como la lluvia sobre tu cara
o el viejo mapa de algún tesoro.

Una verdad no dice nada
y al mismo tiempo lo esconde todo
como una hoguera que no se apaga
como una piedra que nace polvo.

Si un día me faltas no seré nada
y al mismo tiempo lo seré todo
porque en tus ojos están mis alas
y está la orilla donde me ahogo,
porque en tus ojos están mis alas
y está la orilla donde me ahogo.

 



PRECISA-SE DE UM AMIGO


Não precisa ser homem, basta ser humano, ter sentimentos.
Não é preciso que seja de primeira mão, nem imprescindível, que seja de segunda mão.
Não é preciso que seja puro, ou todo impuro, mas não deve ser vulgar.
Pode já ter sido enganado ( todos os amigos são enganados).
Deve sentir pena das pessoas tristes e compreender o imenso vazio dos solitários.
Deve gostar de crianças e lastimar aquelas que não puderam nascer.
Deve amar o próximo e respeitar a dor que todos levam consigo.
Tem que gostar de poesia, dos pássaros, do por do sol e do canto dos ventos.
E seu principal objetivo de ser o de ser amigo.
Precisa-se de um amigo que faça a vida valer a pena,
não porque a vida é bela, mas por já se ter um amigo.
Precisa-se de um amigo que nos bata no ombro,
sorrindo ou chorando, mas que nos chame de amigo.
Precisa-se de um amigo para ter-se a consciência de que ainda se vive.

Carlos Drummond de Andrade

 



Humano demais

Vital Lima / Marco Aurélio



Eu fico tentando compreender
o que nos teus olhos pôde ver
Aquela mulher na multidão
Que já condenada acreditou
Que ainda havia o que fazer
que ainda restara algum valor
E ao se prender em teu olhar
por certo haveria de vencer
E assim fizeste a vida retornar aos olhos dela
E quem antes condenava se percebe pecador
Teu amor desconcertante
força que conserta o mundo
Eu confesso não saber compreender
Sou humano demais pra compreender
humano demais pra entender
Este jeito que escolheste de amar quem não merece
Sou humano demais pra compreender
humano demais pra entender
Que aqueles que escolheste e tomaste pela mão
Geralmente eu não os quero do meu lado
Eu fico surpreso ao ver-te assim
trocando os santos por Zaqueu
E tantos doutores por Simão
alguns sacerdotes por Mateus
E, mesmo na cruz, em meio a dor
Um gesto revela quem tu és
Te tomas amigo do ladrão
só pra lhe roubar o coração
E assim foste o contrário, o avesso do avesso
E por mais que eu me esforce
Não sei bem se te conheço
Tu enxergas o profundo, Eu insisto em ver a margem
Quando vês o coração, Eu vejo a imagem








MISTÉRIO

Quem tem todos os nomes
E ao mesmo tempo nome algum
Que em tudo põe limite
Cujo limite é nenhum

Quem vai além da oposição
Entre o que tem e não tem fim
Que sai em direção a tudo
E permanece em seu jardim

Tentar saber seu nome
É navegar na imensidão
Do mar que está dentro de sí
É mergulhar no coração

É ao mesmo tempo se deixar
Sair além do próprio eu
Render-se por inteiro
Àquele que a alma insiste
em chamar Deus

Acima de todo saber
De todo crer, toda razão
Além de todo esforço sério
De toda a investigação
Eis que habita em nós...
Eis que habita em nós...
Mistérios!

JORGE CAMARGO






ENVOI (1919)

Ezra Pound


Vai, livro natimudo,
E diz a ela
Que um dia me cantou essa canção de
Lawes:
Houvesse em nós
Mais canção, menos temas,
Então se acabariam minhas penas,
Meus defeitos sanados em poemas
Para fazê-la eterna em minha voz
Diz a ela que espalha
Tais tesouros no ar,
Sem querer nada mais além de dar
Vida ao momento,
Que eu lhes ordenaria: vivam,
Quais rosas, no âmbar mágico,
a compor,
Rubi bordadas de ouro, só
Uma substância e cor
Desafiando o tempo.
Diz a ela que vai
Com a canção nos lábios
Mas não canta a canção e ignora
Quem a fez, que talvez uma outra boca
Tão bela quanto a dela
Em novas eras há de ter aos pés
Os que a adoram agora,
Quando os nossos dois pós
Com o de Waller se deponham, mudos,
No olvido que refina a todos nós,
Até que a mutação apague tudo
Salvo a Beleza, a sós.

Postagens mais visitadas deste blog

AQUELA ÁRVORE

PAI

Manual do Caminhante